Trabalhando em Dublin

Existe muita oferta de trabalho em Dublin para diversas áreas, isso é fato.

O mercado profissional em Dublin está em crescimento, principalmente com o recente incentivo do governo Irlandês. Entretanto, é preciso ter muita cautela com relação a esse assunto, pois conheço muitas histórias de pessoas que decidiram arriscar uma vaga “na sua área” por aqui e não foram muito felizes por não pesquisar suficiente sobre o assunto.

3,2,1

Então chegou aquele momento de encarar o desafio de conseguir um emprego na nossa área, de imediato bate aquela ansiedade, dúvidas, medos e alguns dias de insônia, mas calma, vou tentar relatar o que aconteceu conosco [eu e meu marido] e espero ajudar você nessa nova etapa.

Existem algumas questões fundamentais que devem ser analisadas com prioridade e a primeira delas é:

Como está seu inglês?

Se você se sente confortável para se comunicar sem receio, é capaz de compreender a grande variação do sotaque Irlandês, possui qualificação, experiência na sua área e acima de tudo, possui cidadania europeia ou um visto válido que lhe permita trabalhar por aqui, fique muito feliz, pois você está em vantagem 🙂

Salário e Impostos

Quando o assunto for salário você saberá na maioria das vezes o valor bruto anual e não mensal como estamos acostumados. Os impostos por aqui são calculados de acordo com algumas informações do seu perfil, se é solteiro ou casado, se o seu cônjuge trabalha ou não, faixa etária, se possui filhos, faixa salarial, etc. Para se ter uma idéia de um salário líquido, você pode acessar o Deloitte que possui um Tax Calculator. As regras para esse cálculo podem ser encontradas no site Citzens Information

Existem muitos sites para você cadastrar o seu currículo por aqui, porém o que achamos mais efetivo é o Monster.ie, tanto para que você seja visto, quanto para procurar o seu desejado emprego. Desde que cadastramos o nosso currículo no Monster os nossos telefones tocaram muitas vezes.

Muito educados e atenciosos, os headhunters geralmente fazem o primeiro contato com os candidatos pelo telefone e já iniciam a primeira entrevista para se certificar que você realmente possui as qualificações informadas no seu currículo. Eles fazem perguntas desde a sua situação na Irlanda [Visto] até o que você acha do clima. Essa é uma preocupação para eles, pois muitos estrangeiros não se acostumam com o clima da Irlanda e deixam os seus empregos.

Eis algumas perguntas pessoais que nos fizeram:

  • Qual a sua situação para trabalho?
  • Quanto tempo vai ficar na Irlanda?
  • Onde e com quem está morando?
  • O que o seu cônjuge faz?
  • Seu filho está na escola?
  • O que acha do clima da Irlanda?
  • Por que escolheu a Irlanda para viver?

Passo 2

Bom, se suas respostas forem compatíveis com a vaga, então esteja preparado para ir até o escritório e conversar face to face. A dica é antes preparar um pequeno texto com perguntas e respostas sobre sua vida profissional, acrescente o motivo da sua mudança para a Irlanda, das maravilhas que te encanta nesse lugar, do seu sentimento pelo país e pelas pessoas maravilhosas que vivem por aqui e pensamento positivo!

Essa segunda entrevista também consideramos muito tranquila, pois os headhunters são muito educados e atenciosos além de utilizarem um linguajar muito formal e agradável, facilitando muito o nosso entendimento com relação as exigências da vaga.

Evite falar que existem muitas empresas procurando por você, faça isso somente se for questionado, porém, evite falar os nomes delas, pois isso não soa muito bem por aqui.

Passo 3

Se o headhunter gostou de você, então será encaminhado ao responsável da empresa contratante, um ponto positivo é que aqui o recrutador não mede esforços para que a vaga seja sua. Geralmente você será entrevistado por um responsável pelo RH da empresa e um responsável técnico da área. Capriche na aparência, ela será considerada como o seu cartão de visita. Boa sorte!!!

Passo 4

Assim que a entrevista com a empresa terminar, entre em contato com o headhunter para passar o feedback e aproveitar para agradecer pela oportunidade. Após esse momento, você será informado em no máximo dois dias se a empresa irá aplicar ou não a sua candidatura.

Mesmo que você não seja o escolhido para a vaga, é muito comum que os headhunters te retornem com o feedback da entrevista, onde você pode melhorar, seus pontos positivos, etc.

 

Co-Fundadora e Ceo do Europamos. Mãe do Pedro, Carioca que fala "bixcoito" e portuguesa com muito orgulho. Publicitária, Pós Graduada em Gestão Empresarial e apaixonada em viajar, tem como meta dar a volta ao mundo. Mas por hora, encara o maior desafio da sua vida junto com a sua família na Irlanda.

  • Simone

    Muito esclarecedor! O detalhamento do passo a passo ameniza a ansiedade e nos faz até imaginar as cenas!