O que você não deve fazer quando visitar Amsterdã

Amsterdã é uma daquelas cidades que quem visita nunca esquece. Pequena, cheia de cultura, história, cores, diversão e charme, por lá, as opções de passeio parecem nunca acabar e por isso a sensação de o tempo voar quando se está na cidade.

Para melhor aproveitar os dias em Amsterdã, usuários do TripAdvisor listaram uma série de dicas do que não fazer na cidade para ajudar os turistas que visitam a região pela primeira vez. Veja a seleção abaixo:

1 – Não pague pelas balsas para a parte norte do porto, elas são gratuitas.

2 –  Fique atento aos ciclistas quando atravessar ciclovias – pedalar é a religião da cidade!

3 – Existem vários restaurantes excelentes em Amsterdã. Em geral, tente evitar aqueles em áreas muito turísticas por causa dos preços altos.

4 – Se você estiver cansado de andar, conheça Amsterdã por meio dos canais e dê uma pausa relaxante das ruas e calçadas.

o-que-nao-fazer-amsterdam

Foto: Moyan Brenn

5 – Você não precisa gastar muito tempo ou dinheiro se não quiser. Barracas de arenque estão espalhadas por toda a cidade. Esse prato tradicional é acompanhado por picles, cebolas e pão. Procure por pequenos quiosques com a bandeira holandesa na lateral.

6 – Não vá à Magere Brug durante o dia, é melhor visitar o local à noite. Também conhecida como The Skinny Bridge (A Ponte Magrela, em tradução livre), ela fica completamente iluminada e é um destino popular para casais e fotógrafos. A ponte já foi cenário de muitos filmes, sendo “007 – Os Diamantes são Eternos” o mais famoso deles.

7 – O Flower Market é repleto de barracas com lembrancinhas, flores e muitas outras coisas. Não deixe de conhecer.

o-que-nao-fazer-amsterdam-02

Foto: Reprodução Google

8 – Garanta um passe para o transporte público. Existem passes de um, dois, três e quatro dias. E não se esqueça de que você PRECISA passar o cartão na entrada e na saída, ou seu passe será invalidado.

9 – Você não precisa se arrumar para ir ao Dutch National Opera & Ballet, especialmente se você teve um dia cheio passeando pela cidade.

10 – Quando visitar o Museumplein, não deixe de ver o pequeno museu Diamond, uma joia entre os três gigantes nessa região.

o-que-nao-fazer- amsterdam-03

Foto: Reprodução Google

11 – Se você quiser conhecer a casa de Anne Frank, acorde cedo. Tente chegar lá o quanto antes pela manhã e sempre esteja preparado para pegar filas.

12 – Existem muitos tours disponíveis no Palácio Real de Amsterdã, mas o passeio longo não é recomendado. A visita guiada menor oferece boas e breves explicações e dura apenas de uma a duas horas.

13 – Não se esqueça de comprar seu ingresso antecipadamente para visitar o Museu Nacional (Rijksmuseum), especialmente se você for em um fim de semana. Comece a visita pelo último andar, vá descendo aos poucos e prepare-se para passar pelo menos metade de um dia lá. Não fique intimidado pelo tamanho da coleção: os salões do museu são bem organizados, então visite apenas os que te interessarem.

o-que-nao-fazer-amsterdam-04

Foto: Reprodução Google

14 – Não vá ao Red Light District com crianças. Apesar de ter atrações interessantes e bons restaurantes, o bairro é recomendável apenas para adultos.

15 – Se você pretende ir ao Palácio Real e usa uma cadeira de rodas ou não pode subir escadas, não se sinta envergonhado e peça a um segurança para conduzi-lo ao elevador. Já a casa de Anne Frank e o Museu Marítimo Nacional Het Scheepvaartmuseum devem ser pesquisados antes da visita, já que não são muito acessíveis.

16 – Não deixe de conferir o calendário de eventos com antecedência para verificar se há algo interessante em cartaz no EYE Film Institute Netherlands durante a sua estadia. O instituto fica em um prédio único e futurista, que sempre oferece uma grande variedade de filmes, premières, festivais e exibições. Se possível, deixe a visita para o final do dia, quando você poderá ver a cidade iluminada do outro lado do porto pelas janelas panorâmicas do EYE.

 

Leia Mais:
Lisboa – Rua Augusta
Lisboa – Estação Oriente/Parque das Nações
5 Motivos pra cair de amores por Istambul
Lisboa eleita melhor cidade para se trabalhar e para se viver pela BBC
Eles largaram tudo no Brasil para viver e trabalhar no Canadá

 

Fonte: Matéria originalmente – Exame.com
Foto de Capa: Andreas Dantz

Co-Fundadora e Ceo do Europamos. Mãe do Pedro, Carioca que fala "bixcoito" e portuguesa com muito orgulho. Publicitária, Pós Graduada em Gestão Empresarial e apaixonada em viajar, tem como meta dar a volta ao mundo. Mas por hora, encara o maior desafio da sua vida junto com a sua família na Irlanda.