Nova York pode proibir o Airbnb, e muita gente está protestando

Proibição de propaganda virtual de aluguéis temporários passou na Assembleia Legislativa em Nova York

Nesta última sexta-feira, uma legislação que proíbe propaganda virtual de aluguéis temporários foi aprovada na Assembleia Legislativa de Nova York e está em vias de chegar às mãos do governo local. Na prática, a lei barra completamente o funcionamento do Airbnb em todo o estado.

A ideia da lei seria supostamente reduzir o número de apartamentos desocupados que são alugados por meio de plataformas eletrônicas – pessoas que morem nos apartamentos que anunciam não seriam proibidas de usar a plataforma. Mas investidores e líderes do universo da tecnologia não estão nada felizes com o texto.
Depois da aprovação, os investidores do Airbnb Ashton Kutcher e Paul Graham, além do membro do conselho da companhia Reid Hoffman, se manifestaram no Twitter. Em sua conta, Kutcher chamou a lei de “terrível” e “anti-tecnologia”.




Para Graham , é irônico que Nova York seja um hub de startups e ao mesmo tempo crie leis que as proíbam. Hoffman, por sua vez, disse que a legislação é anti-inovação e representa um movimento rumo ao passado. Ambos citaram um editorial do NY Daily News que pede que o estado deixe o Airbnb livre.

Outros críticos afirmam que a medida tem relação com a indústria hoteleira e que seriam prejudiciais a muitos cidadãos que usam o serviço de aluguel temporário como complemento de renda – ou mesmo como única fonte para pagar suas contas. O mais proeminente deles é Josh Meltzer, diretor de políticas públicas para o Airbnb em NY, que disse que o “acordo de último minuto com a indústria hoteleira feito por políticos” é “decepcionante, mas não surpreendente”.

 

Leia Mais:

Dicas para proteger a pele e os lábios do frio
Brasileiros trocam Miami por Lisboa
Brasil x Europa. Custo com Supermercado
Aposentado? Sabia que pode morar legalmente em Portugal
Troca da carteira de motorista Brasileira pela Portuguesa
Concursos públicos em Portugal. Brasileiro pode se inscrever
Portugal escolhido por muitos brasileiros para morar. Veja os motivos

 

Fonte: InfoMoney

Co-Fundadora e Ceo do Europamos. Mãe do Pedro, Carioca que fala "bixcoito" e portuguesa com muito orgulho. Publicitária, Pós Graduada em Gestão Empresarial e apaixonada em viajar, tem como meta dar a volta ao mundo. Mas por hora, encara o maior desafio da sua vida junto com a sua família na Irlanda.