Um blog com dicas e experiências sobre viagens pela Europa. Aqui contamos a nossa historia :-)

547 milhões de euros foi o valor que movimentou o turismo entre Portugal e Brasil

Foto Rio de Janeiro: fctransporte Foto Lisboa: CL
395

Portugal foi o décimo maior emissor de turistas para o Brasil em 2015, representando 2,57% da procura total de estrangeiros no ano, com 162.305 visitantes, segundo informações fornecidas à agência Lusa pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo).

De acordo com a entidade brasileira de turismo, o Brasil tem um mercado importante da procura externa para Portugal, tendo representado 3,3% do total das receitas do setor em 2015. No mesmo ano, foram contabilizadas cerca de 1,3 milhões de dormidas de brasileiros em estabelecimentos hoteleiros portugueses, que representa 3,8% do total das dormidas em Portugal.

As regiões preferidas pelos turistas brasileiros foram a Área Metropolitana de Lisboa (54,5%), o Norte (22,4%), o Centro (13,6%) e o Alentejo (4,3%).

O instituto de turismo brasileiro também indicou que, para os portugueses, a imagem do Brasil está consolidada como destino de sol e praia, rico em natureza e em opções turísticas.

Rio de Janeiro (43,9), São Paulo (12,2%), Salvador (8,4%) e Fortaleza (6,7%) foram os destinos mais procurados pelos portugueses. Segundo a Embratur, outro dado relevante diz respeito ao grau de satisfação dos portugueses que visitam o Brasil: 76,5% avaliaram que a viagem superou ou atendeu plenamente as expetativas e 94,6% manifestaram o desejo de regressar ao país.


Desde 2008, a oferta de voos diretos a ligar os dois países aumentou oito por cento e a oferta de lugares subiu 22,56%. Atualmente, existem 69 voos semanais a ligar duas cidades portuguesas (Porto e Lisboa) a onze destinos brasileiros (São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Natal, Recife, Salvador, Porto Alegre e Belém).

No Brasil, segundo a Embratur, o setor de viagens e turismo atravessa uma fase de desenvolvimento estrutural. Como resultado, o Brasil registou recorde na entrada de turistas estrangeiros em 2016 e chegou a 6,6 milhões de visitantes, número que representa um aumento de 4,8% em relação ao ano anterior, número que é também explicado pelo Mundial de Futebol, em 2014, e os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos no Rio de Janeiro em 2016.

No total, os estrangeiros investiram 6,2 mil milhões dólares (5,8 mil milhões de euros) na economia brasileira, montante 6,2% maior que os 5,84 mil milhões de dólares (5,47 mil milhões de euros) gastos em 2015.

 

Fonte: Jornal Económico

Comentários