golden-visa

Sabe o que é o visto “Gold” em Portugal e quanto ele já arrecadou?

Os Vistos ‘Gold’ arrecadaram mais de 141 milhões de euros só no primeiro mês do ano, o triplo do investimento captado em termos homólogos.

Segundo dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), em janeiro, o investimento captado através dos Vistos ‘Gold’ subiu 61% face a dezembro. Em termos homólogos, atingiu os 141 milhões de euros, avança a agência “Lusa”.

A Autorização de Residência para a atividade de Investimento (ARI), como também são conhecidos os vistos ‘Gold’, totalizou um investimento total de 141.250.454,23 euros, valor que corresponde a uma subida de 87.482.100,72 euros (+266%) face janeiro de 2016 (38.574.620,34 euros).

Do montante captado em janeiro, 126.510.764,48 euros correspondeu a investimentos de compra de bens imóveis, enquanto a transferência de capital arrecadou 14.739.689,75 euros. No primeiro mês do ano, foram atribuídos 221 vistos dourados. Destes, 207 foram concedidos mediante o critério de aquisição de bens imóveis, sendo que no mês passado foram atribuídos mais três destinados a reabilitação urbana, no âmbito das novas regras de concessão de ARI, em vigor desde setembro de 2015.


Os restantes 14 foram atribuídos pelo critério de transferência de capital.

A China lidera a lista de ARI atribuídas (3.154 até janeiro). Segue-se o Brasil (282), Rússia (159), África do Sul (148) e Líbano (80).

As novas regras para a obtenção de Vistos ‘Gold’, que alargaram os critérios de investimento para cidadãos fora da União Europeia a áreas como reabilitação urbana e ciência, entre outras, entraram em vigor a três de setembro de 2015.

Desde 2013 foram atribuídas 7.038 autorizações de residência a familiares reagrupados: 576 em 2013, 2.395 em 2014, 1.322 em 2015, 2.344 em 2016 e 401 em 2017.

Fonte: Jornal Económico

Co-Fundadora e Ceo do Europamos. Mãe do Pedro, Carioca que fala "bixcoito" e portuguesa com muito orgulho. Publicitária, Pós Graduada em Gestão Empresarial e apaixonada em viajar, tem como meta dar a volta ao mundo. Mas por hora, encara o maior desafio da sua vida junto com a sua família na Irlanda.