Um blog com dicas e experiências sobre viagens pela Europa. Aqui contamos a nossa historia :-)

Um mês em Paris

297

Quando resolvi passar um mês em Paris, percebi porque seu apelido é Cidade Luz. Sim, já havia visitado a França antes, mas é só quando você realmente passa um tempo em um lugar (longe da correria das férias) que consegue reparar as nuances do seu dia-a-dia.

Paris não tem apenas a luz que ilumina desde as ruelas até a Torre Eiffel, mais do que isso é uma cidade iluminada porque vibra, porque é única e charmosa até dizer chega.

Decidi alugar um studio por conta do tempo que ia passar e para viver essa experiência mais próxima, mais íntima. Conheci a Picard, a rede de lojas de alimentos congelados que é de comer rezando. Não há quem não goste, são mais de 800 lojas na França. Em Paris tinha uma bem perto de onde fiquei em Saint Germain. Da entrada, ao prato principal e sobremesa, o custo é bem convidativo.

paris-mes-03

Reprodução Google

Para abastecer a casa com produtos para café da manhã, frutas e limpeza o meu Marché preferido era o Monoprix. Tem tudo de um bom supermercado e também te atende na área de maquiagem, roupas íntimas, louça, e tudo mais. Ou seja, aquele lugar que nos salva diariamente!

Para aquele café delicioso e típico dos parisienses recomendo o Café Flore. Era meu lugar preferido para encontrar os amigos no fim da tarde, famoso pela frequência de intelectuais e escritores. Simone de Beauvoir e Satre batiam ponto todo dia lá. Um susto que levei foi o dia que Karl Lagerfeld sentou ao meu lado. Trés chic!

paris-mes-04

Reprodução Google

Tradicional também em Paris, há o delicioso Café de La Paix, que domingo tem um Brunch Maravilhoso. Fica em frente á Ópera de Paris, com aquele cenário inesquecível.

paris-mes-02

Reprodução Google

No próximo post restaurantes e bistrôs tradicionais e lojas para todos os gostos! 😉

Comentários