Um blog com dicas e experiências sobre viagens pela Europa. Aqui contamos a nossa historia :-)

Saiba como proteger sua bagagem

Como proteger a sua mala
196

Você já sofreu de extravio ou roubo de bagagens em alguma de suas viagens? Reza a lenda que parente chato e mala extraviada acontecem nas melhores famílias, sem distinção. E, enquanto a primeira “mala” você torce para ir embora logo, a segunda faz você tremer só de pensar que a esteira passou, a vida passou, e a sua mala, mesmo, não deu o ar da graça!

Antes de sair

Escolha a mala correta! Opte por bagagens mais resistentes, com cores chamativas e, se possível, com opções adicionais de segurança.Antes de sair

Uma ótima maneira de localizar suas malas é personalizá-las. Fitas coloridas ou adesivos diminuem as chances de alguém levá-las por engano. Utilize também etiquetas de identificação, com telefone e email, afinal nem todo mundo é mal intencionado.

Como proteger a sua mala

No aeroporto

Evite aglomerações. Existem inúmeras opções de check-in nas quais você só precisa passar no guichê para despachar a bagagem. Se você desejar, é possível declarar à empresa aérea os itens contidos na mala despachada e seus respectivos valores.

As embalagens plásticas não são sinônimo de segurança, mas dificulta a vida de quem está mal intencionado. Cadeados, capas e qualquer opção que possa atrapalhar a violação da bagagem podem ajudar.

Fique atento

Ao desembarcar do avião, vá diretamente para a esteira.

Certifique-se de que sua mala foi identificada para o destino correto.

Se possível, dê uma olhada na mala assim que a pegá-la na esteira, mesmo que não haja sinais de violação. Empresas aéreas só aceitam reclamações antes de você sair da sala de desembarque.

Se você percebeu que faltou alguma coisa, faça a reclamação imediatamente. Perder tempo se lamentando e queixando dificulta a localização dos seus pertences.

Como proteger a sua mala

O que fazer em caso de roubo e extravio?

Em vôos nacionais

Caso aconteça roubo ou extravio, procure o representante da companhia aérea ainda no interior do setor de desembarque.

As empresas aéreas tem um prazo máximo de 30 dias para a localização e entrega da bagagem. Passado esse tempo, o passageiro deve ser indenizado em, no máximo, 30 dias.

A empresa é obrigada a dar uma ajuda de custo no valor de R$ 300,00 no aeroporto. Objetos de valor, como jóias ou dinheiro, devem ser carregados na bagagem de mão. Desta forma, a companhia área se torna isenta de responsabilidade sobre a perda ou dano.

Nos casos de danos à bagagem, vigoram as mesmas regras. Somente serão considerados, para efeito de indenização, os objetos destruídos ou avariados que tenham sido protestados.

Em voos internacionais

Segundo a convenção internacional, a companhia aérea limita o ressarcimento a US$ 20,00 por quilo de bagagem. O passageiro pode escolher a opção de Declaração Especial de Interesse, onde cada item é discriminado e, nesse caso, a indenização é integral.

Fonte: Companhia de Viagem

Comentários