Um blog com dicas e experiências sobre viagens pela Europa. Aqui contamos a nossa historia :-)

Tente evitar os aeroportos distantes dos grandes centros. Saiba quais.

144

Pronto. O avião pousou e já logo bate aquela dor de cabeça do trânsito que vai pegar quando deixar o local, ou até mesmo quanto tempo demora do aeroporto ao hotel. Bem, para não passar por esses contratempos, confira alguns aeroportos que se puder, melhor evitar.

 

1. Frankfurt, Alemanha (126 km, 90 min): O poderoso centro financeiro da Alemanha é servido pelo aeroporto Frankfurt Hahn, construído a 126 quilómetros da cidade. Hora e meia de automóvel, mais coisa, menos coisa.

2. Oslo, Noruega (118 km, 85 min): Se desembarcar no aeroporto Oslo-Torp e quiser visitar os museus da capital norueguesa, conte com 118 quilómetros de caminho, quase hora e meia de viagem.

3. Munique, Alemanha (113 km, 75 min): Na capital da Baviera há que percorrer 113 quilometros (uma hora e um quarto) para se deslocar do aeroporto Munich West até ao centro da cidade.

4. Estocolmo, Suécia (108 km, C80 min): O aeroporto Skavsta fica a 108 quilometros da capital sueca, o que é o mesmo que dizer a uma hora e vinte minutos se cumprir o limite de velocidade.

5. Barcelona, Espanha (98 km, 75 min): A capital da Catalunha é servida pelo aeroporto de Barcelona Girona, que está a quase a cem quilometros das Ramblas (98, para sermos mais precisos). Prepare uma hora e um quarto de viagem.

6. Hamburgo, Alemanha (78 km, 50 min): É a cidade do pecado, da indústria naval e do aeroporto de Lubeck-Hamburg. Está a 78 quilometros da praça do município e é necessária quase uma hora para lá chegar.

7. Londres, Inglaterra (67km, 90min): A capital inglesa tem vários aeroportos a servi-la, mas se optar por Southend, fique a saber que são 67 quilometros de viagem, qualquer coisa como uma hora e meia com trânsito.

8. Tóquio, Japão (66km, 50min): Narita é um dos aeroportos mais movimentados do mundo. Está a 50 minutos de viagem do centro de Tóquio, o equivalente a 66 quilometros de distância.

 

Leia Mais:

Escandinávia e países nórdicos: um mundo de gelo e cores
Conheça a futura “Disneyland” em Londres
União Europeia aprova diretiva que permite que estudantes internacionais possam trabalhar
Como morar fora de graça apenas cuidando da casa de alguém
Conheça as cidades com maior qualidade de vida do mundo segundo a Mercer
Louvre: dez curiosidades sobre o museu mais visitado do mundo
Cambridge disponibiliza conteúdo on-line grátis para você aprender inglês
Uma cidade sem ruas na Holanda

 

Fonte: Volta ao Mundo 

Comentários