Upgrade para viajar sempre em primeira classe. Como conseguir

Até pouco tempo atrás, mesmo se você tivesse um status médio com uma companhia aérea, você poderia conseguir facilmente um upgrade da classe econômica para business ou primeira em muitos, senão na maioria, de seus voos.

Mas isso mudou. Hoje em dia, conseguir um upgrade gratuito virou exceção, e não regra, para os passageiros frequentes. Entenda por que — e veja o que você pode fazer a respeito.

“Está ficando mais difícil conseguir um upgrade”, explica Gary Leff, fundador do blog de pontos e milhas View from the Wing, “porque as companhias aéreas estão monetizando os assentos de primeira classe de uma maneira que não costumavam fazer”.

Uma economia saudável nos EUA e em outros países significa que existem mais passageiros premium — e mais pessoas com dinheiro para gastar em upgrades pagos.

Além disso, diz Leff, as tarifas de primeira classe já não são tão caras, então é mais fácil convencer os passageiros a comprá-las.

Cerca de quarenta empresas aéreas, como Singapore, Etihad e Virgin Atlantic, passaram a oferecer assentos premium em leilão em uma plataforma chamada Plusgrade.

A maioria delas permite que você faça um lance uma semana antes da data do voo e poucos dias depois avisa se você ganhou.

Como se pode deduzir, cada pessoa que ganha um leilão fica com um assento que poderia ter ido — gratuitamente — para um passageiro frequente.

As companhias americanas tradicionais até agora têm resistido à tendência dos leilões, mas a disponibilidade de upgrades minguou por outros motivos.

Por um lado, as fusões entre grandes companhias — como Delta e Northwest, United e Continental e, mais recentemente, American Airlines e US Airways — concentraram o número de passageiros de elite em menos programas.

O número de passageiros de elite que disputam um upgrade aumentou, porém o número de assentos premium nos aviões continuou o mesmo.

Como se tornar um passageiro VIP

Apesar da redução da disponibilidade de upgrades e da concorrência feroz, você ainda pode tentar conseguir um upgrade. Se você entender como as companhias aéreas fazem essa distribuição, o sistema está em suas mãos, no entanto, de um modo geral, a maioria das operadoras aéreas é muito precavida com seus algoritmos.

Cada empresa define suas próprias regras e pondera distintos fatores, como o nível do status de elite, códigos específicos de tarifa, quanto você gastou em suas passagens e se você tem um cartão de crédito associado à companhia aérea.

Para conseguir um upgrade, você pode tentar algumas estratégias:

Use milhas para comprar um upgrade

Participe de um leilão: as políticas podem variar de acordo com as empresas e rotas, mas você pode conseguir grandes descontos em bilhetes que antes não poderia pagar.

Escolha o avião: empresas usam aviões diferentes, às vezes nas mesmas rotas. Você pode alterar sua estratégia de acordo com o número de assentos premium do voo.

Evite rotas de negócios: voos com um maior número de viajantes de negócios possuem maior competição para upgrade. “Não voe quando a maioria dos viajantes de negócios voam, como nas manhãs de segunda-feira e quinta-feira e sexta-feira à tarde entre 17h e 19h30”, diz Leff.

“O meio do dia de terças-feiras, quartas-feiras e sábados são sua melhor aposta . Voe durante as férias”.

Se você não quiser ter muita dor de cabeça fazendo cálculos, uma estratégia é comprar uma tarifa premium com desconto.

As companhias aéreas estão promovendo esses assentos premium e muitas vezes oferecem aos passageiros da classe econômica a chance de fazer o upgrade por “um pouquinho mais”.

As ofertas continuam no check-in e no aeroporto. Compare essas ofertas com as tarifas online da mesma rota para ver se valem a pena. Se você conseguir um assento em business ou primeira classe com um grande desconto, é melhor comprá-lo e não se preocupar com a loteria do upgrade.

 

Fonte: Exame.com

Co-Fundadora e Ceo do Europamos. Mãe do Pedro, Carioca que fala "bixcoito" e portuguesa com muito orgulho. Publicitária, Pós Graduada em Gestão Empresarial e apaixonada em viajar, tem como meta dar a volta ao mundo. Mas por hora, encara o maior desafio da sua vida junto com a sua família na Irlanda.