Trabalho Canada

“Bye Bye Silicon Valley”. Canadá pode ser a nova casa do berço tecnológico

A ordem executiva do presidente norte-americano relativa à imigração pode significar uma oportunidade economicamente favorável para o país vizinho.

A empresa Extreme Venture Partners, sediada em Silicon Valley, planeia anunciar na próxima semana a criação de um fundo monetário para transferir até cinco fundadores imigrantes de start-ups e as respetivas famílias para o Canadá, no seguimento da ordem executiva do presidente Donald Trump.

“As start-ups de tecnologia são um fenómeno mundial e não se limitam a Silicon Valley”, revela o CEO da Extreme Venture Partners, Sunil Sharma, ao USA Today, acrescentando que as empresas teriam a nova sede no Canadá, mas manteriam operações nos EUA.

A oferta de Sharma é um investimento de 100 mil dólares, caso seja concedido aos trabalhadores um visto.

Em simultâneo a True North, uma empresa do oeste do Canadá, pretende ajudar as empresas norte-americanas a criar filias no território canadiano, realojando os trabalhadores num novo complexo de negócios em Vancouver.


A capital tecnológica é uma referência no empreendedorismo e, durante anos, o Canadá não conseguiu competir com os salários, instalações e oportunidades. Contudo, a eleição presidencial norte-americana alterou o rumo da situação.

“Esta é a nossa oportunidade de ‘agarrar’ os talentos da tecnologia num ambiente altamente competitivo” refere Darryl Ballantyne, co-fundador e CEO da LyricFind, ao mesmo jornal.

 

Fonte: Jornal Económico

Co-Fundadora e Ceo do Europamos. Mãe do Pedro, Carioca que fala "bixcoito" e portuguesa com muito orgulho. Publicitária, Pós Graduada em Gestão Empresarial e apaixonada em viajar, tem como meta dar a volta ao mundo. Mas por hora, encara o maior desafio da sua vida junto com a sua família na Irlanda.