Um blog com dicas e experiências sobre viagens pela Europa. Aqui contamos a nossa historia :-)

Lisboa – Rua Augusta

Praça do Comércio
254

Olá! Hoje vou falar da rua mais tradicional de Portugal, a famosa Rua Augusta. Localizada no quarteirão mais movimentado da cidade, essa rua pode ser comparada a nossa Avenida Rio Branco (se ela fosse fechada para o trânsito e bem mais organizada rsrs).

lisboa-augusta-01

Reprodução Google

Como qualquer principal de cidade grande, a Rua Augusta conta com diversas lojas bacanas: Zara, H&M, a Pull and Bear (uma loja européia que é uma graça), diversos cafés e restaurantes, e um museu bem bacana – o MUDE de Design e Moda.

lisboa-augusta-02

Reprodução Google

Algumas dicas:
• A Rua Augusta é um lugar tradicional de turistas, ou seja, muitos vendedores tentam te abordar na rua, vendendo coisas milagrosas – e quando a esmola é grande o santo desconfia. Ou deve desconfiar pelo menos! Nunca compre ingressos para atrações com esses vendedores, por exemplo.
• Europeus são mestres na arte do pequeno furto. É uma distraída e lá se foi sua câmera, celular ou carteira. Quando estiver passeando pelo centro, leve uma bolsa prática e pequena, que possa ser mantida perto do corpo a todo momento. Essa dica também é útil nos transportes públicos como bondes, ônibus ou metrô.
• Apesar do cuidado com vendedores soltos na rua, você pode encontrar alguns camelódromos ao redor da Augusta. Geralmente imigrantes montam barraquinhas com várias bugigangas e especiarias. Em uma dessas comprei três cachecóis por cinco euros – e duraram ein!




 

No final da rua, você chega ao tradicional Arco da Augusta, e tudo desemboca na belíssima Praça do Comércio. A praça é um lugar lindo, e vale a pena o passeio. Aqui você também encontra vendedores com barraquinhas de bijuterias, flores, castanhas assadas entre outros. Recomendo uma caminhada pela manhã, principalmente em dias de sol – a vista fica ainda mais linda.

lisboa-augusta-03

Reprodução Google

 

Comentários