Imigrantes Ilegais no Reino Unido podem ter suas contas bancárias encerradas

A medida tem o intuito de obrigar os imigrantes ilegais a deixar o País

Imigrantes ilegais Reino Unido
312

Caroline Nokes, atualmente secretária de Estado da Imigração comunicou a medida que implica “dificultar a permanência dos imigrantes que não possuem o direito de viver e trabalhar no Reino Unido.

A secretária informou que a permanência dessas pessoas ilegais no país, interferem na redução dos salários de quem trabalha legalmente, com isso incrementa a pressão sobre os serviços públicos que são pagos pelos contribuintes.

Com a nova medida, todas as instituições de créditos e também os bancos, precisam comprovar a posição de todos os seus clientes e informar ao Ministério do Interior sobre os casos dos Imigrantes Ilegais.

Segundo o site sapo.pt, foi anunciado através de uma porta-voz do Ministério, que alegou que as informações transmitidas pelos bancos, serão apenas das pessoas que podem ser deportadas.

E as pessoas que esperam pelo seu pedido de residência?

Segundo o porta- voz, os imigrantes que estão na espera de seus pedidos de residência ou que possuam algum recurso pendente, incluindo os pedidos de asilo podem ficar tranquilos, pois a nova medida não irá afetar.

O que pensa a organização dos direitos dos imigrantes?

Para a Joint Council for the Welfare of Immigrants (JCWI) existe a possibilidade que alguns erros sejam realizados na definição do estatuto migratório, isto é, pode implicar no encerramento de centenas de contas “por engano“.

O mais chocante deste sistema é que as contas, que são necessárias para todos os aspetos da vida, podem ser encerradas sem haver processos claros de retificação da medida ou de compensações, disse um porta-voz do JCWI.

Comentários