Estudo indica baixa de preços nas viagens para a Europa em 2018

Relatório aponta os motivos que influenciam na queda dos preços

Baixa de preços nas viagens para a Europa
921

Em 2017 as viagens para a Europa ficaram mais baratas em relação a 2016 e o aumento na procura foi significativa. Para 2018, estudos indicam que teremos uma nova baixa de preços. O levantamento foi realizado pela eDreams ODIGEO.

Os números indicaram uma queda de 7% no valor cobrado pelas viagens de longa distância.

Companhias aéreas pela Europa estão cada vez mais entrando em uma ‘guerra transatlântica’ de preços, com companhias low-cost como a Norwegian vendendo passagens do Reino Unido para os Estados Unidos por US$ 183 ida e volta

A queda no preço das passagens aéreas acompanha uma estratégia das empresas que tentam entrar na competição com as empresas de baixo custo, que vem crescendo em diversos continentes. Já são 15 empresas low-cost operando desde 2012, quando decidiram brigar com as grandes empresas do mercado.

Em particular, temos visto um aumento no número de turistas tirando vantagens das novas opções de low-cost para voos de longa distância e novas rotas na Europa

A Air France criou a Joon para pegar uma fatia deste mercado atendendo o público millenniials, Wow Air, a Level e a AirAsiax, que são do grupo da British Airways. A Joon possui rotas que saem de Recife para Paris.

Em 2017, o aumento das aéreas associada à queda dos preços proporcionou um crescimento de 29% na compra de viagens para a Europa, segundo indica o relatório, que conclui apontando uma tendência de que esse número siga aumentando em 2018.

Comentários