A neve que congela grande parte da Europa

2018 promete ter um dos invernos mais rigorosos na Europa

Neve Europa
394

Uma grande parte das cidades europeias alertaram para o clima congelante nos próximos dias devido a uma onda de ar frio proveniente da Sibéria.

Segundo o instituto Europeu de Geociências, este clima de gelo intenso contrasta com as próprias condições do Ártico que na mesma semana sofre com uma incomum “onda de calor”.

Para surpresa dos meteorologistas, as temperaturas passavam de zero em alguns locais do Ártico.

Pausa para Boneco de neve

Enquanto isso os europeus estão aproveitando para fazer seus bonecos de neve, postar fotos nas suas redes sociais e criar memes com os últimos acontecimentos climáticos.

Contudo, o outro lado nada agradável é a queda brusca da temperatura, deixando vítimas fatais pelo continente.

Na Alemanha por exemplo, teve seus termômetros da madrugada de ontem (terça) para hoje (quarta) com -24ºC, -29ºC na Estônia, -18ºC na República Tcheca e -26ºC na Lituânia.

Segundo o site da Isto é, foram pelo menos 24 casos fatais decorrente ao frio extremo desde sexta – feira, contabilizando 9 casos na Polônia, 4 na França, 5 na Lituânia, 3 na República Tcheca, 2 na Romênia e 1 pessoa na Itália.

O site ainda ressalta a situação climática apresentada em Roma na última segunda-feira, sua primeira nevasca em seis anos.

Fez -40ºC a menos de 100 quilômetros de Veneza na noite de domingo para segunda-feira, em Dolina Campoluzzo (1.750 metros de altitude)

Em Dublin, além da previsão de neve para toda a semana, escolas foram fechadas, caos nos mercados em busca de produtos básicos como: pão, leite, macarrão, legumes e frutas que haviam se esgotados das prateleiras.

 

Imagem:
Vincenzo Pinto/AFP/Getty Images

 

 

 

Comentários