Um blog com dicas e experiências sobre viagens pela Europa. Aqui contamos a nossa historia :-)

Tudo o que você precisa saber sobre criar filhos na Irlanda

criar filhos irlanda
301

Criar filhos está de longe ser uma tarefa fácil, mas como é desenvolver esse trabalho diário fora do seu país, principalmente em uma cultura tão diferente? Na Irlanda.

Muito normal termos essas dúvidas, medos e anseios de como será a adaptação de uma criança em um ninho totalmente diferente. Mas não se preocupe, vamos te ajudar a entender algumas questões dentro desse cenário materno.

É verdade que criança se adapta rápido?

Crianças se tornam um produto do meio, se adaptam com facilidade e são especialistas em fazer novas amizades, adoram explorar o novo, contudo, os pais precisam ajudar a guiar esse percurso. Existe uma “fórmula mágica” , a minha… hehehehe e vou dividir com vocês para que as crianças possam ter uma boa e saudável ambientação:

  • Busque atividades para a faixa etária dos pequenos, apresente a cidade com todo o carinho e mostre as maravilhas e benefícios que o lugar proporciona;
  • Crie uma rotina de ocupações que ela mais se identifica;
  • Muito comum por aqui, as mães marcarem playdates com outras crianças, sejam vizinhas ou da própria escola.

O que quero dizer é, a memória dos nossos filhos precisam ser alimentadas de bons momentos e prazerosas experiências para que possa ser incutido o amor em relação ao seu novo lar.

O que não fazer. Muito cuidado!

Crianças são esponjas, logo, se a cada obstáculo que os pais encontrarem pela frente, existir uma reclamação, uma negatividade e até mesmo uma frustação, pode fazer com que os pequenos absorvam e desenvolvam um sentimento ruim pelo local.

Mas e o clima da Irlanda, criança se acostuma com todo esse frio?

Ta aí uma questão que precisa ser estudada. Conheci algumas crianças brasileiras de 5 estados diferentes (RJ, SP, BA, PR, RN) que se mudaram para cá, as idades eram entre 3 e 12 anos e é impressionante como elas se acostumam com o clima e me arrisco a dizer que ouço: EU AMO O FRIO!

E depois de 1 ano morando na Irlanda, qualquer 20 graus já faz um calor danado, pode acreditar!

Então mamães não se preocupem, nós sentimos o clima, eles sabem tirar de letra a temperatura irlandesa 😉

Saúde

Esse assunto gera algumas controvérsias, muitos brasileiros não se adaptam, outros já preferem sem sombra de dúvidas esse sistema em relação ao Brasil.

Na minha opinião, também prefiro e me sinto confortável em saber que aqui os exames são solicitados só em caso de necessidade, as crianças não são tão expostas regularmente aos antibióticos, o meu ponto de vista é que na Irlanda possui um cuidado maior.

A saúde das crianças até os 6 anos é free, passou dessa idade já possui custos (nada exorbitante). Você tem a opção pelo privado, muito importante saber escolher o plano de saúde e verificar o que está incluso. E também existem os hospitais públicos, que são pagos, porém, alguns casos isentam das taxas. Mesmo sendo pagos, os valores são justos e cabem no bolso.

Ah! Esqueci de mencionar, o meu filho no Brasil era Com-ple-ta-men-te alérgico, já por aqui, mesmo em temperaturas negativas, nunca precisei medicá-lo por conta de suas alergias. Amém!

Para saber mais informações sobre o sistema de saúde da Irlanda, leia esse post:

saude irlanda

Como são as escolas? São acolhedoras? Pagas?

As escolas são gratuitas, a única despesa é com: material, lanche (depende do colégio) uniforme e uma pequena ajuda anual para a instituição (caso você tenha essa disponibilidade).

Meu filho foi muito bem recebido nas duas escolas, mesmo no início não falando nehuma palavra de inglês, o diretor e a professora foram muito atenciosos e se fizeram entender, mesmo em outra língua.

As escolas irlandesas, de uma forma geral, recebem muito bem os estrangeiros.

Na sala de aula, os outros alunos são instigados pela curiosidade de querer saber mais sobre o aluno novo e seu país.

Depois de 3 meses na escola, meu filho já estava fluente no inglês e dando de 10 X 0 em mim que estudei inglês a vida toda. Sem perceber eles já estão falando e sem medo algum de errar, o que é um ponto muito positivo.

Leia mais informações detalhadas, nesse post:

escola irlanda Dublin crianca

Existe preconceito com a criança estrangeira?

Em geral não. As escolas recebem muitos estrangeiros todos os anos, os países mais comuns são: Índia, Portugal, Espanha, Polônia, Romênia, Itália e Brasil.

Mas o meu filho teve um caso de Bullying logo na segunda semana de aula. A nossa atitude foi reportar imediatamente a professora (que no mesmo dia ligou para a mãe da criança) e na sequência entendemos o porquê do comportamento desse pequeno irlandês.

A média de filhos por aqui é acima de 2 por casal, logo, quando o recém integrante da casa é um bebê, o mais velho fica sem atenção e a forma de se fazer ser visto é na escola, o que ocasiona esse comportamento. Eu e meu marido instruímos o nosso filho sobre o problema, que na verdade não era dele e sim de seu amiguinho que precisava de ajuda. Tudo foi resolvido e hoje os dois são melhores amigos. 😉

É muito comum as meninas se enturmarem mais rápido do que os meninos, mas, com o tempo sem perceber já estão com seus grupinhos.

Uma dica é, além da escola, entrar para um clube que possua atividades como futebol gaélico, hurling, natação entre outros. A grande maioria dos irlandeses valorizam muito o esporte e é um excelente local para fazer amigos. 😉

Qual o melhor lugar para morar com crianças?

Quando decidimos morar em Dublin, pesquisamos muito e principalmente conversamos com quem já morava aqui, essa foi uma das primeiras perguntas em relação a moradia. A minha dúvida era encontrar um local onde pudéssemos dar conforto ao nosso filho e que ele pudesse ter um ciclo de amizades e se sentir bem.

O que nós ouvimos: Descarte morar no centro com criança. Mas por que? A grande maioria das famílias optam ficar um pouco afastado pelas opções de boas escolas, e também para que a criança construa suas amizades e tenha sua rotina em um local mais sossegado. E eu não me arrependo dessa escolha, optei em morar perto do trem , o dart, que até o Centro de Dublin são 14 minutos.

Afinal, qual o meu custo com uma criança na Irlanda?

Posso afirmar que ao contrário dos custos exorbitantes para se criar uma criança no Brasil, a Irlanda oferece um benefício muito procurado, a segurança e não tem preço você deixar seu filho livre e sem medo de viver o dia a dia. 🙂

A despesa com uma criança não é alta e principalmente pelo fato dos país terem uma cultura de viver com “menos” e levarem uma vida simples e feliz.

As opções de lazer cabem no bolso, assim como os brinquedos e vestuário. Sem contar que o governo oferece um benefício para as crianças, veja quem possui esse direito e como funciona nesse post:

child-benefit-Irlanda

Sobre o vestuário infantil, um exemplo é a loja Penneys, muito conhecida por aqui, tem camisas de €1,50 e casacos por €19, por exemplo.

Vamos colocar na ponta do lápis uma média das despesas básicas para uma criança em um ano:

Material + uniforme + contribuição escolar + passeios escolares + seguro + extras = €200

Atividades extra classe + sócio clube (futebol | hurling) = €200

Vestuário = €150 (esse item contemplei o básico para cada estação)

Lazer = €300 (A Irlanda possui algumas opções de diversão free, mas esse item pode variar de acordo com a expectativa de cada um)

Presentes com festinhas infantis = €100

É muito comum as crianças presentear com dinheiro, geralmente o mínimo é de €10 e o máximo €25.

Festa de aniversário = €300

Os dois maiores presentes que podemos dar aos nossos filhos são: raízes e asas.

Outros post que podem interessar

 

 

 

 

 

 

Comentários